Atualizações   •   Grupos   •   Artigos   •   ICMS Esportivo

Hannah Lacerda inspirou-se em conquistas do irmão para ingressar no judô

Publicado em 17/03/2017 por

Imprimir Salvar em PDF Envie para um amigo por email

(Foto: Arquivo Pessoal)

Rafaela Silva fez história no esporte brasileiro ao conquistar a primeira medalha verde e amarela na Rio 2016 com o judô. A atleta inspirou muitos jovens, inclusive Hannah Lacerda.

A jovem, de 14 anos, já coleciona várias conquistas no esporte, como Campeonato Brasileiro e Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG). Agora, a meta de Hannah é disputar Olimpíadas.

Confira a entrevista completa do Observatório do Esporte de Minas Gerais com Hannah Lacerda:

Quando você decidiu se tornar uma atleta?

“Meu irmão compete desde pequeno. Ele já ganhou Campeonato Mineiro, Pan-Americano e isso me trouxe uma motivação. Se ele conseguiu, eu também quero. Quero conquistar o que ele conquistou. Atualmente estou lutando para chegar onde ele chegou.”

Você tem algum ídolo em quem se inspira?

“Eu me inspiro também na Sarah Menezes e Rafaela Silva. As duas batalharam bastante. No caso da Rafaela é ainda mais inspirador porque ela foi campeã olímpica, o que é meu sonho.”

Qual o maior desafio que você enfrenta no esporte? E como busca a superação?

“Eu tive muitos desafios. Todo atleta tem. No meu caso, cheguei em uma final de um Brasileiro. É muito difícil chegar em um pódio.”

Para você o que significa o esporte?

“Tudo! O esporte mudou minha vida completamente. Minha saúde melhorou, principalmente condicionamento físico. Tem gente que não consegue correr, mas o atleta consegue, porque tem o condicionamento bom e a saúde boa.”

Quais as principais mudanças que o esporte trouxe à sua vida?

“Reconhecimento. É um orgulho muito grande. Tenho 14 anos e às vezes encontro crianças de três a cinco anos que falam que querem ser iguais a mim, então isso muda muito. É muito gratificante ser exemplo de várias pessoas”

Quais são suas principais metas para os próximos anos?

“Ganhar um Brasileiro e chegar no lugar mais alto no pódio dos Jogos Escolares e disputar Olimpíadas”

Qual foi a sensação de ter conquistado o prêmio “Melhores do Ano 2016″?

“Foi muito gratificante para mim. Dentre muitos atletas fui premiada. Fiquei muito feliz com a escolha. Nunca esperava chegar no Melhores do Ano. É muito treino e dedicação. Eu treino três vezes por semana, não sei o que seria de mim sem o judô.”

Quais foram suas principais conquistas?

“Fui bicampeã Brasileira pela Liga e cheguei na final do Brasileiro pela Federação.”

Um recado para os jovens que queiram praticar o judô ou que estão começando:

“Se você deseja ser um grande atleta no judô, basta querer mesmo. Pois quando você luta você consegue.”

Comentários estão fechados

Vídeos

Secretário Ricardo Sapi explica sobre a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte Secretário Ricardo Sapi explica sobre a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte

22/03 Secretário Ricardo Sapi explica sobre a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte

Campanha #JogoLimpo – Gabriel Medina Campanha #JogoLimpo – Gabriel Medina

15/03 Campanha #JogoLimpo – Gabriel Medina

Dimensão Olímpica – Mulheres no Esporte Dimensão Olímpica – Mulheres no Esporte

09/03 Dimensão Olímpica – Mulheres no Esporte

Exercícios para fortalecer o abdômen Exercícios para fortalecer o abdômen

02/03 Exercícios para fortalecer o abdômen

‘Não deveria haver homofobia em nenhum esporte’, diz atleta olímpica do Brasil ‘Não deveria haver homofobia em nenhum esporte’, diz atleta olímpica do Brasil

22/02 ‘Não deveria haver homofobia em nenhum esporte’, diz atleta olímpica do Brasil

Oscar Schmidt é Homenageado pelo Brooklin Nets na NBA Oscar Schmidt é Homenageado pelo Brooklin Nets na NBA

16/02 Oscar Schmidt é Homenageado pelo Brooklin Nets na NBA

Nado peito: veja como melhorar o seu Nado peito: veja como melhorar o seu

08/02 Nado peito: veja como melhorar o seu

Isso é Ciclismo de Estrada Isso é Ciclismo de Estrada

01/02 Isso é Ciclismo de Estrada

Desenvolvido por Softbis