Atualizações   •   Grupos   •   Artigos   •   ICMS Esportivo

Observatório do Esporte entrevista Itajubá, segundo lugar do ranking do ICMS Esportivo

Publicado em 14/03/2017 por

Imprimir Salvar em PDF Envie para um amigo por email

(Foto: Divulgação)

O Observatório do Esporte de Minas Gerais segue conversando com os municípios mais bem colocados no ICMS Esportivo, um dos critérios utilizados pela Lei nº 18.030/2009 para distribuição da cota-parte do ICMS pertencente aos municípios. A cidade entrevistada da vez é Itajubá.

Em 2016, tendo como base o ano de 2015, o município ficou em segundo lugar, alcançando sua melhor colocação no mecanismo. Nos anos anteriores, Itajubá já demonstrava sinais de declive, ficando em 5º lugar em 2014 e terceiro colocado no ano seguinte.

Mas como o município vem conseguindo se superar ano após ano? Quem conta é o gestor esportivo municipal, Júnior Fraga Bastos.

Dentre os 274 municípios que participaram do ICMS Esportivo, ano base 2015, Itajubá ficou em segundo. Fica uma sensação de dever cumprido pelo município?

“Quase dever cumprido. Poderíamos ter melhorado nossa pontuação em virtude da reprovação de algumas ações. Em 2017 estamos trabalhando para que aprovemos 100% das nossas ações diretas e indiretas a favor do esporte.”

Como o município vê o papel do esporte na sociedade?

“O Esporte é uma das maiores ferramentas para o exercício pleno da cidadania de um indivíduo em uma sociedade. É dessa forma que a Administração do Prefeito, Rodrigo Riêra, e do Vice-Prefeito, Christian Gonçalves, vem transformando cidadãos pelas ações efetivas, garantindo a todos que participam o direito à prática esportiva em jogos, à atividade física, ao bem estar e à recreação o ano todo em diversas modalidades esportivas.”

Itajubá ficou entre os cinco municípios mais pontuados do ICMS Esportivo nos últimos anos. A que o município atribui essa conquista?

“O fator principal é o dialogo entre o Poder Público (Prefeitura e Câmara), o Conselho Municipal de Esportes e os atores esportivos municipais, que são Clubes, Associações, Atletas, Empresas, amantes do Esporte, além do trabalho da Prefeitura de Itajubá em Equipe entre todas as Secretarias Municipais e a organização da Secretaria Municipal de Esportes (Gestores, Professores e Funcionários) em conjunto com todos os parceiros.”

Um recado para os municípios que não participam do ICMS Esportivo e que queiram participar.

“O ICMS Esportivo possibilita ao Município e ao Gestor de Esportes participante duas importantes ações:

- Obter o repasse financeiro mensal  que faz com que a Secretaria de Esportes aumente sua capacidade orçamentária e possa planejar e ampliar suas demandas;

- Consequente exposição e  imagem positiva do trabalho planejado e sério do Município dentro da própria cidade, Estado e Brasil.”

Comentários estão fechados

Vídeos

Exercício no frio faz mal? Exercício no frio faz mal?

07/07 Exercício no frio faz mal?

ABC do ESPORTE – VÔLEI FEMININO ABC do ESPORTE – VÔLEI FEMININO

28/06 ABC do ESPORTE – VÔLEI FEMININO

Aprenda a ensinar: Badminton Aprenda a ensinar: Badminton

22/06 Aprenda a ensinar: Badminton

Saúde Mental e Esporte Paralímpico: da Inclusão ao Alto Rendimento Saúde Mental e Esporte Paralímpico: da Inclusão ao Alto Rendimento

14/06 Saúde Mental e Esporte Paralímpico: da Inclusão ao Alto Rendimento

Treino em qualquer lugar: exercícios rápidos e eficientes Treino em qualquer lugar: exercícios rápidos e eficientes

12/06 Treino em qualquer lugar: exercícios rápidos e eficientes

Série Aprenda a Ensinar: Judô Série Aprenda a Ensinar: Judô

01/06 Série Aprenda a Ensinar: Judô

Aprenda a Ensinar: ginástica artística – Transforma Rio 2016 Aprenda a Ensinar: ginástica artística – Transforma Rio 2016

25/05 Aprenda a Ensinar: ginástica artística – Transforma Rio 2016

VIDEODICAS | JP VERGUEIRO | TODOS POR UM: ONGs CAPTANDO JUNTAS VIDEODICAS | JP VERGUEIRO | TODOS POR UM: ONGs CAPTANDO JUNTAS

05/05 VIDEODICAS | JP VERGUEIRO | TODOS POR UM: ONGs CAPTANDO JUNTAS

Desenvolvido por Softbis