Com bom público, Jungle Fight 92 anima noite de sábado no Mineirinho

Publicado em 02/10/2017 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly
Erick Parrudo defendeu seu cinturão na luta principal da noite (Foto: Leonardo Fabri / divulgação)

Erick Parrudo defendeu seu cinturão na luta principal da noite (Foto: Leonardo Fabri / divulgação)

Duas mil pessoas estiveram no Mineirinho no último sábado (30/10) para comemorar os 14 anos do Jungle Fight, maior competição de MMA da América Latina. Dezessete lutas compuseram a programação do Jungle Fight 92 e apenas seis terminaram por decisão da arbitragem, com todas as demais encerradas por nocaute ou finalização. Além das comemorações, o evento contou com três disputas por cinturão.

A luta principal foi estrelada por Eric Barbosa ‘Parrudo’ (Champion Team/BA) x Cleiton ‘Predador’ Silva (Full House/MG), que disputaram o cinturão dos pesos leves (70kg). O lutador baiano levou a melhor na luta, que foi decidida pela arbitragem.

A disputa dos moscas – até 57kg, reuniu o sergipano radicado em BH, Denis Três Dedos, e o baiano Bruno The Talent, que defendia o cinturão. Mas o mineiro Três Dedos conseguiu interromper a sequência de Bruno e tornar-se o novo campeão da categoria por decisão unânime.

Além das lutas por cinturão, mais 21 atletas mineiros subiram no octógono do Mineirinho.

Octógono delas

Consideradas como as lutas mais eletrizantes da noite, as mulheres também levantaram a torcida do Mineirinho.

Quatro mineiras subiram no octógono e finalizaram em poucos minutos as lutas que foram bastante técnicas.

Natália Silva, de apenas 20 anos, finalizou Tarciara Santos com armlock aos 2 minutos e 38 segundos do primeiro round e Alita Guerreira finalizou Paty Borges com mata-leão aos 2 minutos e 46 segundos do primeiro round.

Jungle Comunidade

Com o intuito de descobrir novos talentos por meio da inclusão social, o Jungle Fight promove o Jungle Comunidade, competição que ocorre na noite do evento principal. Assim, os jovens atletas podem mostrar seu talento e transformar suas vidas através do esporte. Catorze atletas participaram da competição, sendo doze deles mineiros.

Confira todos os resultados do Jungle Fight 92

Eric Parrudo (BA) venceu Cleiton Predador (MG), por decisão dividida.
Felipe Cabocão (AP) venceu Caio Gregório (MG), por decisão unânime.
Denis Três Dedos (MG) venceu Bruno The Talent (BA), por decisão unânime.
Marcus Montanha (MG) nocauteou Douglas Big Monster (MG) aos 3 minutos e 26 segundos do primeiro round.
Deivd Ramos (MG) venceu Luis El Dragon (México), por decisão unânime.
Carlin Soares (MG) finalizou Fernando Ben 10 (MG) com triângulo aos 2 minutos e 8 segundos do segundo round.
Zeca Predador (BA) nocauteou Dill Furacão (MG) aos 53 segundos do primeiro round.
João Saldanha (DF) finalizou Erikson Lekin (MG) com triângulo de mão aos 53 segundos do primeiro round.
Rafael Cabeça (MG) nocauteou Júnior Marques (RJ) aos 2 minutos e 14 segundos do primeiro round.
Fabrício Negão (MG) venceu Marcus Sanatório (MG) por decisão unânime.
João de Oliveira (MG) finalizou Jhony Winchester (MG) com mata-leão aos 2 minutos e 15 segundos do primeiro round.
Luciano Boi (MG) venceu Tiago Naja (MG) por nocaute técnico aos 3 minutos e 31 segundos do primeiro round.
Talita Guerreira (MG) finalizou Paty Borges (MG) com mata-leão aos 2 minutos e 46 segundos do primeiro round.
Neko ‘Doutrinador’ (RJ) venceu Thiago Henrique (MG), por decisão unânime.
Natália Silva (MG) finalizou Tarciara Santos (MG) com armlock aos 2 minutos e 38 segundos do primeiro round.
Jonathan Branko (MG) venceu Kenner Xaropinho (MG) por nocaute técnico aos 4 minutos 33 segundos do terceiro round.
Macksuel Ferreira (MG) venceu Rafael Gonçalves (MG) com mata-leão aos 3 minutos e 13 segundos do segundo round.

Observatório do Esporte de Minas Gerais

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

“Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020 “Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020

16/10 “Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020