Gymnasiade 2018 – Conheça os 16 alunos-atletas mineiros que fazem parte da delegação do Brasil no maior evento esportivo escolar do mundo

Publicado em 04/05/2018 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

País conta com 16 alunos-atletas de Minas disputando em cinco modalidades: ginástica artística, ginástica rítmica, karatê, natação e atletismo

Delegação brasileira chega aos poucos em Marrocos Foto: CBDE

Delegação brasileira chega aos poucos em Marrocos
Foto: Divulgação/ CBDE

Começam hoje (04) as disputas da 17ª edição da Gymnasiade! Os Jogos Mundiais Escolares acontecem no Marrocos, até o dia 09. São mais de quatro mil atletas, de 51 países, na disputa pelo titulo mundial em 17 modalidades.  O Brasil foi o recordista de medalhas da última edição, em 2016, conquistando  128 no total [1]. A delegação brasileira deste ano conta com 199 alunos-atletas que almejam  repetir o feito em solo marroquino. 

A Gymnasiade é organizada pela Federação Internacional de Jogos Escolares (ISF) e sua primeira edição aconteceu na Alemanha, em 1974. O evento foi sediado pela primeira vez na América Latina em 2013, quando as disputas aconteceram em Brasília. A delegação brasileira fez bonito jogando em casa, terminando no terceiro lugar geral com 69 medalhas conquistadas [2].

Para conquistar a vaga em Marrocos, cerca de 1300 estudantes de 22 estados brasileiros  disputaram a seletiva nacional escolar. Minas Gerais brilhou na oportunidade, conquistando 48 medalhas, sendo 16 de ouro, 14 de prata e 18 de bronze.  Dos 80 alunos-atletas mineiros participantes, 16 se classificaram para a Gymnasiade. A delegação brasileira também conta com dois técnicos mineiros: o professor da Universidade de Lavras Fernando Roberto de Oliveira e o professor Pietro Leddomado, técnico de Ginástica Artística do Minas Tênis Clube.

Conheça agora os competidores do estado e as modalidades  em que irão representar o país.

Ginástica Artística 

Ginasta Camila Siqueira Foto: ginastacamila.blogspot

Camila Almeida
Foto: ginastacamila.blogspot

A mineira Camila Siqueira Almeida é uma das responsáveis por representar o Brasil na Gymnasiade. Estudante do Instituto Padre Machado, a belo horizontina nascida em 2006 já foi campeã mineira, brasileira e sul-americana de ginástica artística [3]. Recentemente, a ginasta esteve nos Estados Unidos com sua treinadora Clara Davina para representar o Minas Tênis Clube no 2017 Rhode Island Invitational [4].

Outro atleta que representará a ginástica artística brasileira é Mateus Camilo Neves da Silva. Também belo horizontino, o aluno da Escola Estadual Professor Leopoldo Miranda acumula vitórias, como as sete medalhas conquistadas na Copa Pan Americana de Ginástica Artística, disputada em 2014 na Bolívia [5]. Outra vitória importante do atleta foi o ouro na disputa por equipes, nos Jogos Sul-Americanos da Juventude [6].

Velha conhecida e com tradição de campeã, a ginástica artística brasileira já conquistou diversas medalhas. Nomes como Daiane dos Santos, Diego Hypólito e Arthur Zanetti marcaram o esporte nos últimos anos com a conquista de feitos inéditos, como o ouro olímpico nas argolas [7] e o primeiro ouro em mundiais, conquistado com o duplo twist carpado de Daiane [8]

Nesta modalidade, os atletas realizam provas em aparelhos como as argolas, trave, barras assimétricas e solo, onde fatores relacionados a elegância, força, agilidade e equilíbrio são avaliados. 

Ginástica Rítmica

Ginasta Eduarda Braga Foto: Feemg

Eduarda Braga
Foto: Marcus Cicarin/ Feemg

A ginástica rítmica é uma modalidade praticada estritamente por mulheres. A modalidade é fortemente influenciada pelo balé clássico e as atletas utilizam a fita, corda, maça ou a bola e arco nas apresentações. Este esporte é dominado pelas delegações da Europa, que conquistaram 40 das 42 medalhas olímpicas disputadas até hoje [9].

Eduarda Braga de Carvalho é uma das esperanças para acabar com a hegemonia europeia. Belo horizontina e aluna do Colégio Izabela Hendrix, a ginasta possui diversas premiações. Entre elas, a medalha de bronze na última edição da Gymnasiade, as cinco medalhas de ouro do Jogos Escolares da Juventude (disputado em 2017) e o primeiro lugar geral no Campeonato de Ginástica Rítmica de Minas Gerais, em 2016 [10].

Karatê

Júlio Cesar Espínola é natural de Pouso Alegre e representará o Brasil nesta modalidade. Aluno da Escola Estadual José Marques de Oliveira, o carateca já foi bicampeão brasileiro em 2011 e 2012 [11] e se classificou para a Gymnasiade após ganhar uma medalha de ouro nas seletivas.

O karatê é uma arte marcial japonesa com influência chinesa. Seus golpes são simples e focados nos pontos vitais do adversário para tirá-lo da luta. Popularizado por atores como Jean Claude Van Damme e Chuck Norris [12], o karatê irá participar das olimpíadas pela primeira vez na próxima edição, que será disputada em Tóquio.

Natação

Victor Rocha Foto: Best Swimming

Victor Rocha
Foto: Divulgação/ Best Swimming

Victor Ângelo Rocha conquistou sua ida a Marrakech depois de ganhar três medalhas (ouro, prata e bronze) nas seletivas. O atleta, que foi eleito destaque do mês de abril em 2015 pela quebra de recorde dos 50m livre (categoria Infantil II)[13], conquistou uma medalha de bronze no último Troféu Chico Piscina, disputado no último mês de outubro.

Natural de Osasco, Nichelly Brandão Lysy acumula diversas conquistas em sua carreira. A atleta concorreu ao prêmio de melhor nadadora infantil do ano de 2016. Nas seletivas para a Gymnasiade, ela conquistou o ouro nos 100 e 200 metros peito. No ano passado, Nichelly também quebrou um recorde na categoria Infantil II, nos 50m peito com seus 33,9 segundos [14].

Eduardo Oliveira de Moraes conquistou as medalhas de ouro nas categorias 200 e 400 metros livres, na seletiva para a Gymnasiade. O atleta também foi medalhista de bronze em competição promovida pelo Minas Tênis Clube no final de novembro do ano passado, onde disputou os 1500m livre.

Luisa Amaral Leste Rosa compete pelo Minas Tênis Clube desde 2015 [15]. A atleta se classificou para o Gymnasiade após ficar em primeiro lugar nos 400m medley e em segundo nos 200m borboleta.

Victor Baganha Foto: Satiro Sodré/ SSPress/ CBDA

Victor Baganha
Foto: Satiro Sodré/ SSPress/ CBDA

Victor Melo Baganha é um atleta acostumado a superar metas em sua carreira. O nadador quebrou o recorde dos 100m borboleta Infantil II em 2016 [16] e o recorde sul americano dos 50m borboleta Juvenil em 2017 [17]. Nas seletivas para a Gymnasiade, Victor conquistou as medalhas de ouro nos 100m borboleta e prata nos 200m medley.

Mais uma modalidade popular entre os brasileiros, a natação já conquistou 14 medalhas olímpicas. Nomes como Cesar Cielo, Gustavo Borges e Thiago Pereira se consagraram através deste esporte. Na Gymnasiade, o Brasil será representado por 5 estudantes. Todos eles são alunos do Colégio Metodista Izabela Hendrix e representam o Minas Tênis Clube em diversas competições.

Atletismo 

Rafaela Cristina Foto: Poços COM

Rafaela Cristina
Foto: Divulgação/ Poços COM

Dona do recorde mineiro de arremesso de peso sub-18, Rafaela Cristina Maciel de Souza será uma das atletas que irá representar o Brasil em Marrakech. Natural de Poços de Caldas, Rafaela já disputou outros campeonatos fora do país, como os II Jogos Sul-Americanos da Juventude, ocorridos no Chile. A atleta estuda na Escola Estadual Francisco Escobar e treina através do Projeto Atletismo Poços de Caldas [18].

Thais Michele Foto: EEFFTO

Thais Michele
Foto: Wagner Campo/ CBAt

Thaís Michele da Silva Clemente é natural de Lagoa Santa, estuda na Escola Estadual Padre Menezes e treina no Centro de Treinamento Esportivo da UFMG. A atleta já ocupou o segundo lugar no ranking Sul-Americano dos 100m com barreira. Esta posição de destaque rendeu a ela uma vaga nos II Jogos Sul-Americano da Juventude [19]

Caio Matos Foto: Divulgação/ Plox Esportes

Caio Matos
Foto: Divulgação/ Plox Esportes

Caio Felipe Matos Campos já foi líder do ranking brasileiro de arremesso de martelo e conquistou sua vaga na Gymnasiade após ganhar a medalha de ouro da modalidade nas seletivas. O atleta natural de Ipatinga estuda na Escola Estadual Dona Canuta Rosa de Oliveira Barbosa e treina no Departamento de Atletismo da Usipa [20]

Natural de Lavras, Eduardo Ribeiro Moreira se classificou para a Gymnasiade após ficar em primeiro lugar na prova dos 1500m rasos. Estudante da Escola Estadual Azarias Ribeiro, o atleta treina no Centro Regional de Iniciação ao Atletismo e acumula medalhas pelo programa, como o ouro nos Jojuninho disputados em 2016 [21].

Elton Junio dos Santos Petronilho é nascido em Bonsucesso e treina no Centro Regional de Iniciação ao Atletismo em Lavras. O atleta ocupa a quarta posição do ranking nacional sub-20 na categoria Salto em Altura [22]. Elton, que estuda na Escola Estadual Benjamin Guimarães, conquistou sua vaga para Marrocos ao ficar em segundo lugar na modalidade em que é especialista, nas seletivas para a Gymnasiade.

Marco Túlio Macedo Santana começou no atletismo quando tinha onze anos. O atleta de Lagoa da Prata se classificou para a Gymnasiade após vencer a medalha de prata nos 2000m com barreiras. Estudante da Escola Estadual Virgílio Perillo, Marco Túlio treina com o seu treinador Abel Mendes [23].

Raphael Foto: Divulgação/ Jornal Cidade

Raphael Costa
Foto: Divulgação/ Jornal Cidade

Raphael Antônio de Souza T. Costa é especialista em Decatlo. Porém, como a Gymnasiade não conta com esta modalidade, o atleta se classificou para o evento usando uma das suas 10 especialidades: salto em distância. O morador de Japaraíba e estudante da Escola Estadual Padre Pedro Lamberti ficou em segundo lugar nas seletivas disputadas em São Paulo.

O atletismo vem sendo disputado nas Olimpíadas desde a sua primeira edição, em 776 a.C. Este esporte é constituído por várias provas, cada uma relacionada a corridas, marchas, lançamentos ou saltos. O atletismo já rendeu ao Brasil 15 medalhas olímpicas, sendo cinco de ouro, três de prata e sete de bronze, conquistadas por grandes nomes do esporte brasileiro como Maurren Maggi, Vanderlei Cordeiro e Thiago Braz da Silva [24].

 Observatório do Esporte de Minas Gerais

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

#EsporteSemAssédio – Conheça campanha do Ministério do Esporte #EsporteSemAssédio – Conheça campanha do Ministério do Esporte

09/04 #EsporteSemAssédio – Conheça campanha do Ministério do Esporte