Mineiros fecham disputas individuais dos Jogos Escolares da Juventude com 16 medalhas e iniciam modalidades coletivas com vitórias

Publicado em 18/09/2017 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly
O aluno-atleta Rafael Moura, medalhista da luta olímpica no JEJ. Foto: Marcus Cicarini/FEEMG

O aluno-atleta Rafael Moura, medalhista da luta olímpica no JEJ. Foto: Marcus Cicarini/FEEMG

“Foi um momento de superação na minha carreira. Ano passado, não consegui subir ao pódio, mas esse ano demonstrei que temos que lutar e não desistir nunca daquilo que queremos”. Com essas palavras Rafaela de Freitas, da Escola Municipal Vinícius de Moraes, de Belo Horizonte, encerrou sua participação e comemorou as vitórias que teve nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), realizados desde o último dia 12, em Curitiba (PR). Das 16 medalhas que os mineiros conquistaram nas disputas individuais da competição, a ginasta colaborou com quatro: três medalhas de prata e uma de bronze. Além de Rafaela, os atletas mineiros conquistaram três ouros, seis pratas e sete bronzes – uma melhora de mais de 30% em relação ao ano passado. Nessa mesma etapa, em 2016, Minas Gerais havia conquistado 12 medalhas: quatro de ouro, sete de prata e uma de bronze.

Na última sexta feira (15), mais oito medalhas foram contabilizadas para Minas Gerais no JEJ 2017. Foram premiadas com o ouro Ana Laura de Moraes, na prova de estrada do ciclismo, e Beatriz Marciano, no arremesso de peso do atletismo. Com a medalha de prata ficaram Isabella Conti, do xadrez, os alunos-atleta Cristian dos Santos, Elison Rodrigues, Luís Fernando dos Santos e Pedro Henrique Oliveira no revezamento 4×75 masculino do atletismo, e a ginasta Rafaela Freitas no individual geral e no aparelho arco. No aparelho bola, Rafaela faturou a medalha de bronze, assim como Layla Belarmino, do judô, que ficou em terceiro lugar no naipe feminino por equipe.

O fim das disputas das modalidades individuais na etapa de 12 a 14 anos do JEJ mostrou que Minas Gerais está trilhando um caminho promissor no esporte, com conquistas inéditas, como a medalha na luta olímpica. Os representantes de Minas Gerais competiram pelo atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa e xadrez.

Mineiros já começaram as disputas pelas medalhas das modalidades coletivas

Os alunos-atletas estrearam no domingo (17) nas modalidades de basquete, futsal, handebol e vôlei no JEJ. Os destaques do dia foram o vôlei feminino e as duas equipes de futsal de Minas Gerais. No confronto contra o Colégio Martin Luther King do Rio Grande do Sul, a Escola Estadual Maria de Magalhães, de Araxá, venceu por 2 sets a 1. Já os meninos do futsal da Escola Estadual Pedro Lessa, de São Miguel do Anta, golearam por 6×2 os maranhenses do Colégio Militar 2 de Julho, com ajuda do atleta Igor Santos, que marcou 4 gols na estreia. Ainda no futsal, as meninas da Escola Estadual Professor Nelson de Senna de Governador Valadares, também começaram a competição com goleada por 6×0 sobre o Colégio Santa Madre, do Pará.

Nessa segunda feira (18), os mineiros disputam mais oito partidas da fase classificatória. O vôlei masculino foi o primeiro time a entrar em quadra e obteve vitória de 2 sets a 0 sobre o time de Goiás. As disputas das modalidades coletivas continuarão até o dia 21, último dia de competições do JEJ.

Os Jogos Escolares da Juventude

Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) desde 2005, o JEJ é realizado em duas fases que englobam modalidades individuais e coletivas e conta com a participação de estudantes de escolas públicas e particulares de todo o país.

Tido como o maior celeiro nacional de atletas olímpicos, a competição revela, a cada ano, novos talentos para o esporte brasileiro. Da delegação composta por 465 esportistas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, um total de 52 já participaram dos Jogos Escolares da Juventude, entre eles os mineiros Núbia Soares, do atletismo, e Raul Neto, do basquete.

Confira a lista do total de medalhas dos alunos atletas de Minas Gerais, nos Jogos Escolares da Juventude em Curitiba, disputas individuais da etapa de 12 a 14 anos:

Atletismo:

Beatriz Marciano (E.M. Geraldo Teixeira da Costa, de Belo Horizonte): ouro no arremesso de peso;

Cristian dos Santos (E.E. Clertan Moreira do Vale, de Tupaciguara), Elison Rodrigues (E.M. Dona Maria Rosa Soares, de Nova Serrana), Luís Fernando dos Santos (E.E. Padre Pedro Lamberti, de Japaraíba); Pedro Henrique Oliveira (E.M. Prof. Arino Ferreira Pinto, de Poços de Caldas): prata no revezamento 4x75m masculino;

Pâmela de Lima (E.E. Pe. Alípio Martins Pinheiros, de Oratórios): bronze nos 80m com barreiras.

Ciclismo:

Ana Laura Oliveira (C.E. Carlos Chagas, de Carlos Chagas): ouro na prova de estrada e bronze na prova por pontos.

Judô:

Pedro Lasmar (Colégio Inova Caminhos Dourados, de Varginha): ouro na categoria até 64 kg;

Layla Belarmino (Escola Estadual Governador Milton Campos, de Belo Horizonte): bronze na categoria até 58 Kg;

Equipe feminina: bronze por equipe.

Ginástica Rítmica:

Rafaela de Freitas (E.M. Vinícius de Moraes, de Belo Horizonte): prata no individual geral, prata no aparelho arco, bronze no aparelho bola;

Isadora Macedo (Centro Educacional Técnico de Artes Profissionais, de Betim), Maria Clara de Souza (Centro Educacional Mineiro, de Belo Horizonte), Maria Eduarda de Oliveira (E.M. Clóvis Salgado, de Betim), Rafaela de Freitas (E.M. Vinícius de Morais, de Belo Horizonte): prata por equipe.

Luta Olímpica:

Rafael Moura (E.E. Dr. Reynaldo Martins Marques, de Ribeirão das Neves) medalha de bronze.

Natação:

Flávio Henrique Fagundes (Colégio Galileu, de São Sebastião do Paraíso): prata nos 100m costas;

João Eduardo Nogueira (Colégio Pitágoras – Cidade Jardim, de Belo Horizonte): bronze nos 200m medley.

Xadrez:

Isabela Conti (Colégio Militar de Juiz de Fora): medalha de prata.

Fonte: Ascom Secretaria de Estado de Esportes

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

“Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020 “Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020

16/10 “Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020