Retrospectiva Minas Esportiva Bolsa Atleta e Bolsa Técnico 2017 – Atletismo

Publicado em 21/12/2017 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

O atletismo é o esporte olímpico mais antigo que se tem registro. Ele tem sua origem na primeira edição do Jogos Olímpicos em 776 a.CAlém disso, as 16 medalhas olímpicas conquistadas na história das Olimpíadas faz do esporte um dos mais bem sucedidos na história do Brasil. Nas últimas Olimpíadas, o destaque ficou com Thiago Braz, que conquistou o ouro olímpico no Salto com Vara.

Thiago Braz foi o primeiro brasileiro na história a conseguir o ouro olímpico no Salto com Vara. Foto: Divulgação/COI

Thiago Braz foi o primeiro brasileiro na história a conseguir o ouro olímpico no Salto com Vara. Foto: Divulgação/COI

A definição moderna diz que o Atletismo é um esporte com provas de pista (corridas), de campo (saltos e lançamentos), provas combinadas, como decatlo e heptatlo (que reúnem provas de pista e de campo), o pedestrianismo (corridas de rua, como a maratona), corridas em campo (cross country), corridas em montanha, e marcha atlética.

O calendário estadual em 2017 contou, em média, com dez provas por mês. Os eventos estão registrados no site da Federação Mineira de Atletismo (FMA). As competições de porte nacional e internacional são disponibilizadas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Destaque Internacional 

No cenário internacional, o atletismo brasileiro participou do Campeonato Mundial da modalidade, disputado em Londres e ficou em 19º (décimo nono lugar) entre os sessenta e quatro países participantes, somando vinte e um pontos na competição. A única medalha brasileira conquistada na competição foi com Thiago André, que ficou em terceiro lugar nos 800 metros rasos.

Destaques Nacionais

Os destaques mineiros nas competições nacionais ficaram por conta das atletas Leydiane Lopes Ramos, que foi segunda colocada nos 400 metros rasos do Brasileiro Sub-18, Sabrina Moreira que alcançou o segundo lugar no salto em altura no Brasileiro Sub-20 e Luiz Maurício Dias da Silva que foi campeão do lançamento de dardo nos Jogos da Juventude, em novembro deste ano, além da segunda colocação no Brasileiro Sub-18.

Destaques estaduais

Durante o ano de 2017, a FMA disponibilizou em seu site, um ranking com a colocação de todos os atletas federados nas mais diversas competições, compilando os melhores resultados do ano. A (CBAt) não disponibiliza ranking de colocações, mas ao longo do ano divulga resultados.  

Abaixo, destacaremos as colocações no ranking dos atletas que contam com o apoio do Bolsa Atleta. A pesquisa foi realizada com o auxílio do site da FMA, CBAt, Secretaria de Esportes do Estado de Minas Gerais e Observatório do Esporte de Minas Gerais.

  • Cleber Divino Monteiro dos Santos (Uberlândia)
    5º colocado 400m rasos, 5º colocado 4x400m misto, 6º colocado salto em distância nos rankings estaduais;
  • Jair Manoel Neto – (Japaraíba) 
    Único atleta a ter marca registrada nos 10km de marcha atlética de acordo com a FMA;
  • Layane Lopes Ramos – (Japaraíba)
    3ª colocada 4x400m misto; 7ª colocada 400m rasos; 6ª colocada 800m rasos; 6ª colocada 100m com barreiras; 2ª colocada 400m com barreiras; 1ª colocada 5000 metros marcha atlética; 5ª colocada salto em altura; 9ª colocada salto em distância; 4ª colocada salto triplo; 6ª colocada lançamento de dardo 500gr;  4ª colocada no heptatlo;
  • Leydiane Lopes Ramos – (Japaraíba)
    1ª colocada revezamento 4x400m misto; 1ª colocada 200m rasos; 1ª colocada 400m rasos; 2ª colocada 800m rasos; 2ª colocada 400m rasos campeonato brasileiro sub18;
  • Luiz Maurício Dias da Silva – (Juiz de Fora)
    1º lugar Decatlon; 1º lugar lançamento de disco 1.5kg; 1º lugar lançamento de dardo 700gr.; 2º lugar arremesso de peso 5kg; 3º lugar salto com vara; 4º colocado salto triplo; 5º colocado salto em distância; 6º lugar salto em altura; 8º colocado 1500m rasos; 9º lugar 100m rasos; campeão nos Jogos da Juventude em Brasília – lançamento de dardo -; 2º colocado no brasileiro sub18;
  • Rafael Corradi Guimarães – Itaúna
    3º colocado 100m rasos; 2º colocado 200m rasos; 8º colocado 400m rasos;
  • Sabrina Moreira Ribeiro – Lavras
    2ª colocada salto em altura brasileiro Sub-20;

Minas Esportiva Bolsa Atleta e Bolsa Técnico

Essa retrospectiva leva em consideração atletas que recebem o benefício do Minas Esportiva Bolsa Atleta e Bolsa Técnico. O Programa destina-se a apoiar financeiramente atletas e técnicos desportivos que pleiteiem o benefício e que tenham alcançado, no ano anterior ao pleito, uma das três primeiras colocações nas competições esportivas de referência ou no ranking estadual, nacional e internacional da modalidade, quando houver. No que se refere aos Jogos Olímpicos e às Paralímpicos, serão considerados os resultados e participações alcançados na edição mais recente dos eventos.

O objetivo da ação é contribuir para a manutenção da carreira dos atletas e técnicos de alto rendimento, buscando proporcionar condições para que se dediquem ao treinamento esportivo e participem de competições, visando o desenvolvimento pleno de sua carreira esportiva, de forma a manter e renovar periodicamente gerações de atletas e técnicos com potencial para representar o estado e o país nas principais competições nacionais e internacionais.

Observatório do Esporte de Minas Gerais

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

Movimente-se! Desafio 3: Mini Golfe Movimente-se! Desafio 3: Mini Golfe

15/01 Movimente-se! Desafio 3: Mini Golfe