Você sabe quais são os benefícios do esporte para a criança?

Publicado em 18/01/2018 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

É comum que se ouça falar do esporte como uma atividade importante no desenvolvimento infantil. Não à toa, as escolas incorporam a atividade física por meio de jogos, gincanas, olimpíadas e aulas de educação física — e isso tudo é ótimo.

Os benefícios do esporte para as crianças são vários, e desde a mais tenra idade, é visível o envolvimento da criançada com a atividade corporal, que incluem brincadeiras de pega-pega, com bola, na praia brincando com as ondas ou na areia.

Esportes coletivos, como o futebol, auxiliam no amadurecimento psíquico. Foto: Reprodução/Pixabay

Esportes coletivos, como o futebol, auxiliam no amadurecimento psíquico. Foto: Reprodução/Pixabay

Os benefícios do esporte no desenvolvimento da criança
Qual é, então, o verdadeiro papel do esporte e da atividade física em geral no desenvolvimento do ser humano?

Segundo estudiosos, estimular crianças a praticarem exercícios desde cedo — principalmente esportes que exijam cooperação e trabalhos em grupo — proporciona oportunidades de contato social, o que colabora com seu amadurecimento psíquico também.

Isso porque, por meio da prática de atividades em grupos, a criança aprende a conviver socialmente, respeitar regras, reconhecer e aceitar as limitações do seu corpo e dos seus colegas. Aprende também a conquistar resultados e superar a frustração de não obter a vitória eventualmente. Tudo isso é importante não só do ponto de vista da saúde, mas também do social e cultural.

A natação é uma atividade comum entre as crianças. Foto: Reprodução/Pixabay

A natação é uma atividade comum entre as crianças. Foto: Reprodução/Pixabay

Desenvolvimento físico
A prática de exercícios colaboraria também para o desenvolvimento físico da criança, pois ajudaria a formar jovens com maiores habilidades motoras, não somente em relação à força muscular e resistência cardiorrespiratória, mas também no equilíbrio e na execução de movimentos.

Como consequência, crianças ativas tendem a conviver mais facilmente em sociedade e ter maior agilidade de raciocínio também.

Melhora nos estudos
Diversas pesquisas já foram realizadas comprovando, inclusive, que outro benefício do esporte na infância está na evolução escolar da criança.

Ao participar de uma atividade física, a criança libera energia acumulada, o que ajuda a evitar a obesidade, aumenta a oxigenação no sangue e, consequentemente, leva mais oxigênio também ao cérebro — o que potencializa o raciocínio, desenvolve os músculos e a flexibilidade, melhora a autoestima e proporciona situações que estimulam a autonomia desde cedo.

Não é à toa que tantos estudos indicam que a infância é o período mais adequado para uma pessoa começar a praticar exercícios e adotar atitudes saudáveis de modo geral.

Dê o exemplo
Nesta fase, a criança está aberta para a aprendizagem de novos conceitos. Por isso, é fundamental que as pessoas que a cercam (ou seja, pais, professores, pediatras) também adotem hábitos saudáveis de alimentação e atividade física. São nestes indivíduos que os pequenos vão se inspirar e tomar como exemplo.

Então de nada adianta colocar a criança para iniciar um esporte se o exemplo dentro de casa é o oposto. A criança segue modelos, em especial aqueles que vêm do berço, portanto é essencial sempre dar um bom exemplo.

Pratique exercícios, alimente-se bem, invista em comidas saudáveis e eduque as crianças desde cedo sobre a importância do esporte e de um estilo de vida saudável.

Fonte: Ativo.com

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

Conheça o aplicativo Empurrando Juntos Conheça o aplicativo Empurrando Juntos

14/06 Conheça o aplicativo Empurrando Juntos