Brasil chega a 152 medalhas e encerra sua participação nos Jogos Sul-Americanos da Juventude

Publicado em 09/10/2017 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly
Wander Roberto/Exemplus/COB

Wander Roberto/Exemplus/COB

Terminou neste domingo (8), os II Jogos Sul-americanos da Juventude – Santiago 2017. Para os 149 atletas do Time Brasil, mais do que os resultados esportivos, a experiência de participar de uma competição de grande porte será fundamental para o desenvolvimento de suas carreiras. A nova geração do esporte nacional deixa a capital chilena com 152 medalhas (61 de ouro, 45 de prata e 46 de bronze). Das 21 modalidades com brasileiros, 20 subiram ao pódio. Com atletas entre os 14 e 17 anos, a geração Paris 2024 apresentou suas credenciais em Santiago e, agora, os olhos se voltam para Buenos Aires, onde, em 2018, serão disputados os Jogos Olímpicos da Juventude. A expectativa do Comitê Olímpico do Brasil (COB) é de que boa parte da delegação que esteve em Santiago também vá para a Argentina.

A natação foi a modalidade que trouxe mais medalhas para o Brasil, trazendo para casa 49 do total conquistado. Os nadadores Lucas Peixoto e Rafaela Trevisan subiram ao pódio 7 vezes e foram os atletas mais premiados do evento. Na ginástica artística, destaque para Diogo Soares, que dominou as provas individuais da modalidade, com 6 medalhas. Além disso, atletas de diferentes estados também se destacaram e agora fazem parte do radar do COB para apoiar suas trajetórias esportivas.

Os Jogos Sul-americanos da Juventude comprovaram ainda a eficácia dos Jogos Escolares na detecção de talentos para o esporte de alto rendimento do país. Na delegação nacional de Santiago, 53 atletas eram provenientes do evento organizado pelo COB desde 2005. Isso em um universo de 89 atletas, considerando apenas as 8 modalidades presentes no programa dos Jogos Escolares disputados em Santiago. A grande maioria destes atletas deixa a capital chilena com pelo menos uma medalha e muita história para contar.

O Time Brasil marcou presença em 21 modalidades (atletismo, badminton, basquete 3×3, boxe, canoagem, caratê, ciclismo, esgrima, ginástica artística, golfe, judô, levantamento de peso, lutas, natação, remo, saltos ornamentais, taekwondo, tênis, tênis de mesa, triatlo e vôlei de praia).

A segunda edição dos Jogos Sul-americanos da Juventude teve a participação de mais de 1400 atletas de 14 países. Na primeira, em 2013, na capital peruana, Lima, o Brasil conquistou 142 medalhas.

Fonte: Olimpíada Todo Dia [Adaptado] 

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

“Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020 “Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020

16/10 “Cápsula do tempo” percorre o Brasil recolhendo depoimentos visando Tóquio 2020