Projetos aprovados pela SEESP usam o esporte para promover a inclusão social de crianças e adolescentes

Publicado em 10/10/2017 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly
Alunos do projeto Ações Sociais Bacana Demais no Ensaio FIFA. Foto: Divulgação/Instituto Bacana Demais

Alunos do projeto “Ações Sociais Bacana Demais” no Ensaio FIFA. Foto: Divulgação/Instituto Bacana Demais

Que o futebol é paixão nacional, todo mundo já sabe. Assistir a uma partida da Seleção Brasileira une famílias e amigos, e cativa o espírito esportivo. Mas o futebol também é usado para a inclusão social e descoberta de talentos, além de promover várias oportunidades para que crianças e adolescentes saiam das ruas e construam uma carreira de sucesso. Sabendo disso, a Secretaria de Estado de Esportes (SEESP), por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, aprovou dois projetos que investem na preferência futebolística brasileira. O “Ações Sociais Bacana Demais”, do Instituto Cultural Esportivo e Social Bacana Demais (ICESBADE), e o projeto “Interação de Futebol”, do Instituto Interação, são apoiados pelo Supermercados BH Comércio de Alimentos Ltda e pela Empresa de Cimento Liz S.A, respectivamente. Para serem executadas, as iniciativas contaram com os recursos oriundos da isenção fiscal do Governo de Minas Gerais.

Com a meta de fomentar a prática esportiva e promover o futebol como elemento de integração, o Ações Sociais Bacana Demais atende a população do bairro Concórdia, em Belo Horizonte e foi pensado como uma demanda dos moradores. Pela carência esportiva que as crianças e adolescentes tinham, o projeto foi fundado para viabilizar o acesso desses jovens ao futebol, possibilitando, além da prática esportiva, a formação educacional.

A assistente social e coordenadora da iniciativa, Ana Paula Simen, conta que além do foco no aluno do projeto, também há uma preocupação com seu núcleo familiar e frisa que um dos principais objetivos é auxiliar a família dos jovens atendidos, para que juntos, eles possam se inteirar ainda mais de uma educação esportiva de qualidade e de momentos juntos para fortalecer as relações: “Colocamos a criança como prioridade, porque assim a gente chega até a família e os ajudamos de alguma forma”, conta.

O projeto contempla cerca de 200 crianças e adolescentes e ainda há vagas para quem estiver interessado. A inscrição é feita no Inconfidência Esporte Clube, na rua Jundiaí, número 289, no bairro Concórdia, em Belo Horizonte. Os pais ou responsáveis retiram um formulário de inscrição e preenchem com os dados do aluno.

Capoeira incrementará projeto futebolístico para reafirmar cultura afro

Além do futebol, o Ações Sociais Bacana Demais colocará em prática, a partir do próximo ano, aulas de capoeira para os alunos. Segundo a coordenadora Ana Paula, o projeto alcançará um nível muito elevado ao juntar as duas modalidades, pois a troca de experiências só irá acrescentar bons frutos aos atletas.

A importância da capoeira se estende também ao processo de reafirmação da cultura e identidade afrodescendente. A assistente social reforça sobre a questão e mostra que a iniciativa luta contra qualquer preconceito racial: “A gente ressalta bastante estas questões culturais de origem africana para que haja um aprendizado para os alunos. Além de frisar a valorização da raça, disciplina, o trabalho, o respeito, visando erradicar o preconceito”, conta.

Iniciativa usa futebol para investir na educação dos jovens de Lagoa Santa

Partida de futebol entre alunos do projeto Interação de Futebol. Foto: Daniel Castelão

Partida de futebol entre alunos do projeto Interação de Futebol. Foto: Daniel Castelão

Contemplando cerca de 150 crianças e adolescentes, o Projeto Interação de Futebol fomenta a prática de futebol para os alunos das escolas públicas de Lagoa Santa. Em conjunto, o projeto promove o desenvolvimento humano por meio do esporte, cultura e educação.

A iniciativa tem como público alvo, jovens de 8 até 15 anos e oferece possibilidades de inserção social e acesso a atividades de lazer. “Por meio da imediação esportiva, nosso objetivo maior é usar o futebol como atividade complementar da grade escolar, mas também formar o aluno como um cidadão consciente de seus valores e da coletividade”, ressalta a coordenadora do Interação de Futebol, Érica Moraes.

Serão formadas seis turmas e as aulas serão ministradas de segunda a quinta-feira no contra turno escolar. Para se inscrever, é preciso ligar no telefone do projeto – (31) 3016-5067 – e solicitar a matrícula.

Fonte: Asscom Secretaria de Estado de Esportes [Adaptado] Disponível em https://goo.gl/esBzD2, acesso em 09 de outubro de 2017.

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

Atleta mineiro participa de ação com Comitê Brasileiro de Clubes com foco nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 Atleta mineiro participa de ação com Comitê Brasileiro de Clubes com foco nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020

22/11 Atleta mineiro participa de ação com Comitê Brasileiro de Clubes com foco nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020