Lyvia Oliveira, atleta paralímpica do JEMG, diz: “O esporte significa que eu posso fazer tudo”

Publicado em 13/06/2017 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Foto: Divulgação/Rio 2016

Natural de Uberlândia, a atleta da natação paralímpica, Lyvia Oliveira, tem muita determinação.

Campeã do JEMG aos 14 anos, Lyvia sonha em se formar em medicina, quer ser médica.

Confira a entrevista completa do Observatório do Esporte de Minas Gerais: 

Quando você decidiu se tornar uma atleta? Como foi o início?

Desde criança pratico natação. O professor com quem eu treinava convidou-me para entrar na equipe e eu aceitei. Desde então não parei mais.

Quais as principais mudanças que o esporte trouxe à sua vida?

Eu participo mais do esporte e das competições.

Para você, o que significa o esporte?

Que eu posso competir. O esporte significa que eu posso fazer tudo.

Quais suas principais metas para os próximos anos? E o seu sonho?

Meu sonho é estudar e me formar. Eu penso em fazer medicina.

Qual a sensação de ter sido premiada no “Melhores do Ano 2016”? 

Eu realmente fiquei muito feliz. Gostei muito.

Ainda sobre conquistas, cite algumas das mais marcantes em sua carreira.

Foi a primeira vez que eu competi, no JEMG de 2016, lá em Lavras.

Um recado para os jovens que acreditam ter algum tipo de limitação ou deficiência que lhes impedem de praticar o esporte.

Você tem que sonhar e ter força de vontade. Nunca desista do que você gostaria de fazer.

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Comentários estão fechados

Videoteca

Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais

03/12 Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais