Curta o Gênero 2019: inscrições gratuitas de vídeos, fotografias e trabalhos científicos

Publicado em 12/07/2019 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Corpo, sexualidade, povos e comunidades tradicionais são alguns dos temas da 8ª edição do Curta o Gênero

O caso de Megan Rapinoe, jogadora do time de futebol feminino dos EUA, campeão da Copa do Mundo de Futebol de 2019, que desafiou o presidente de seu país, tornando-se voz ativa nas reivindicações por igualdade de gênero no esporte e defesa da comunidade LGBT, remete à importância e emergência da discussão dessa problemática dentro do meio esportivo.  Este tema, que faz a interlocução entre as políticas de esporte e gênero, ambas transversais, vêm sendo foco de discussão de organizações internacionais na área de gênero.

Nessa perspectiva, a organização não-governamental Fábrica de Imagens realizará a 8ª edição do Curta o Gênero, um projeto que possui como objetivo proporcionar um espaço para o compartilhamento de ideias e discussões envolvendo os campos dos feminismos, gênero, sexualidades e interseccionalidade e que acontecerá entre 1 e 9 de novembro em Fortaleza (CE).

Como parte da programação do Curta o Gênero 2019, a ONG Fábrica de Imagens – Ações Educativas em Cidadania e Gênero promove o VIII Seminário Gênero, Cultura e Mudança, além da Mostra Internacional Audiovisual e da Exposição de fotografia “Contrastes”.

Roda de conversa em evento Curta o Gênero - 2018. Foto: Curta o Gênero

Roda de conversa em evento Curta o Gênero – 2018. Foto: Curta o Gênero

Múltiplos olhares sobre o corpo e sexualidades é um dos eixos temáticos do seminário. As contribuições das diversas perspectivas de gênero e feministas sobre esse binômio e as questões de políticas de identidade, representação, performance, desejo, erotismo, práticas sexuais, religiões, direitos e saúde sexual e reprodutiva, configuram o campo dos trabalhos e relatos de experiências das(os) participantes desse eixo temático.   

No contexto esportivo, muitas das vezes, é perceptível a distinção das práticas esportivas, que define os corpos “adequados” à determinada atividade. Um exemplo dessa distinção é quando se justifica a não aptidão de uma prática por uma mulher pela anatomia humana. Esse processo de exclusão está diretamente relacionado à questão de desigualdade de gênero no campo das atividades físicas e esportivas.

Leituras feministas sobre o momento político latino-americano de recrudescência conservadora nos campos da moralidade e aprofundamento do neoliberalismo econômico, bem como leituras feministas relacionadas a povos originários, comunidades tradicionais, territorialidades, identidades, diversidade e direitos constituem outra proposta de discussão do seminário.

Profissionais da educação, agentes das políticas, assistência social, segurança pública e saúde, comunidade acadêmica, Organizações Não Governamentais (ONGs), e demais interessados (as) estão convidados a inscreverem trabalhos, obras audiovisuais de curta-metragem e fotografias. As inscrições para o evento podem ser feitas até o dia 01 de setembro pelo site: fabricadeimagens.org.br/curtaogenero/

As atividades

VIII Seminário: “Gênero, cultura e mudança”, apresentação de trabalhos nas temáticas:

I) Gênero, corpo e sexualidades;
II) Gênero, educação e comunicação;
III) Gênero, violência e violação de direitos
IV) Gênero, feminismos e democracia;
V) Gênero, cultura, arte e literatura;
VI) Interseccionalidades entre gênero, classe, raça e geração; e
VII) Gênero, povos e comunidades tradicionais.

O Seminário contará com conferências, mesas de discussão, oficinas, apresentação de trabalhos e minicursos oferecidos em Fortaleza por um conjunto de pesquisadores/as, escritores/as e ativistas/as de referência nacional e internacional. 

Mostra Internacional Audiovisual: “Curta O Gênero”: tem por objetivo a difusão de obras audiovisuais de curta-metragem (documentários, ficções e/ou animações) que apresentem como elemento central as relações de gênero e suas intersecções com as questões de violência contra mulher, masculinidades, paternidade, diversidade sexual, raça e etnia, classe, exploração sexual, direitos humanos, direitos sexuais e reprodutivos, educação, saúde, dentre outras.

Exposição: “Contrastes – gênero, tempos, lugares, olhares” tem por objetivo reunir fotografias que se insiram nos campos das relações de gênero e feminismos, com foco na construção de narrativas. A exposição inspira-se no tema geral do Seminário Internacional Gênero, Cultura e Mudança do Curta o Gênero. Notadamente influenciada pela pluralidade de pensamentos e práticas feministas contemporâneos, serão priorizados nessa edição trabalhos que sugiram reflexões e críticas que considerem a necessidade de fortalecermos conceitos, estéticas e práticas produzidas no Brasil e em toda América Latina e os sujeitos, comunidades e povos marginalizados, subalternizados. Poderão se inscrever fotógrafas e fotógrafos profissionais ou amadoras(es) maiores de 18 anos ou coletivos de fotografia, com a devida autorização de seus membros.

Mais informações e inscrições podem ser feitas diretamente no site do Festival Curta o Gênero: http://fabricadeimagens.org.br/curtaogenero/. Dúvidas sobre o evento e processo de inscrição podem ser encaminhadas para o email: tecnica@fabricadeimagens.org.br.

Fonte: Fábrica de imagens. Disponível em: https://bit.ly/2xqPU2k  – (Adaptado)

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

IV SIGPE | Conferência: Temas emergentes que impactam na gestão das entidades esportivas IV SIGPE | Conferência: Temas emergentes que impactam na gestão das entidades esportivas

25/06 IV SIGPE | Conferência: Temas emergentes que impactam na gestão das entidades esportivas