Xadrez na Escola, mais aprendizado para os alunos

Publicado em 03/04/2013 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Mais que um jogo, um instrumento de ensino. É com essa ideia que as escolas da rede estadual de ensino incentivam a prática do Xadrez na sala de aula. Durante essa semana, professores de 259 escolas de Belo Horizonte e Região Metropolitana que participam do projeto Educação de Tempo Integral, da Secretaria de Estado de Educação (SEE), estão sendo capacitados para desenvolver o jogo na escola.

 O curso integra as atividades do projeto ‘‘Xadrez na Escola de Tempo Integral’, resultado de uma parceria entre a Secretaria e a Federação Mineira de Xadrez, que irá beneficiar cerca de 20 mil alunos. Todas as escolas participantes do Projeto receberam, no final do ano passado, recursos para aquisição de Kits de xadrez (tabuleiros, peças e relógios).

A capacitação tem por objetivo promover a prática do xadrez não apenas como mais uma opção de lazer, mas sim para incentivar novas possibilidades de desenvolvimento das capacidades cognitivas, sociais, desportivas, pessoais e culturais dos estudantes doas anos iniciais e finais do ensino fundamental.

Durante o encontro, os educadores estão tendo noções básicas sobre o jogo e a partir da capacitação deverão atuar como multiplicadores em suas escolas. “A capacitação está sendo ministrada pelo vice-presidente da Federação Mineira de Xadrez, Júlio Lapertosa, que já trabalha há mais de 25 anos com o xadrez escolar. Nesse encontro, os educadores estão aprendendo os conhecimentos básicos do xadrez, como movimentação das peças, tabuleiro e regras. Eles também estão discutindo sobre a questão ética do jogo e sobre como poderão abordar o xadrez na escola”, afirma a coordenadora Pedagógica do projeto Educação de Tempo Integral, Rosely Lima.   A formação terá uma carga horária total de 40 horas, sendo 20 horas presenciais e 20 horas a distância, que será realizada na próxima semana.

Na Escola Estadual Olímpia Resende Pereira, em Belo Horizonte, o xadrez já é trabalhado no Educação de Tempo Integral há três anos. O professor Euler de Oliveira da Silva ressalta a importância do jogo no aprendizado dos alunos. “O xadrez traz muitos benefícios para os alunos, como a concentração, o trabalho dos valores, como cortesia. Também ajuda a desenvolver a habilidade do raciocínio”. O educador destaca ainda a importância da capacitação para seu trabalho. “Aqui estou tendo a oportunidade de ver coisas que não conhecia no Xadrez, tirar algumas dúvidas e aprender como proceder em algumas situações. Isso está facilitando meu trabalho”, conclui.

Fonte:SEE-MG

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

Você deve estar logado para postar um comentário.

Xadrez na Escola, mais aprendizado para os alunos

Publicado em 03/04/2013 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Mais que um jogo, um instrumento de ensino. É com essa ideia que as escolas da rede estadual de ensino incentivam a prática do Xadrez na sala de aula. Durante essa semana, professores de 259 escolas de Belo Horizonte e Região Metropolitana que participam do projeto Educação de Tempo Integral, da Secretaria de Estado de Educação (SEE), estão sendo capacitados para desenvolver o jogo na escola.

 O curso integra as atividades do projeto ‘‘Xadrez na Escola de Tempo Integral’, resultado de uma parceria entre a Secretaria e a Federação Mineira de Xadrez, que irá beneficiar cerca de 20 mil alunos. Todas as escolas participantes do Projeto receberam, no final do ano passado, recursos para aquisição de Kits de xadrez (tabuleiros, peças e relógios).

A capacitação tem por objetivo promover a prática do xadrez não apenas como mais uma opção de lazer, mas sim para incentivar novas possibilidades de desenvolvimento das capacidades cognitivas, sociais, desportivas, pessoais e culturais dos estudantes doas anos iniciais e finais do ensino fundamental.

Durante o encontro, os educadores estão tendo noções básicas sobre o jogo e a partir da capacitação deverão atuar como multiplicadores em suas escolas. “A capacitação está sendo ministrada pelo vice-presidente da Federação Mineira de Xadrez, Júlio Lapertosa, que já trabalha há mais de 25 anos com o xadrez escolar. Nesse encontro, os educadores estão aprendendo os conhecimentos básicos do xadrez, como movimentação das peças, tabuleiro e regras. Eles também estão discutindo sobre a questão ética do jogo e sobre como poderão abordar o xadrez na escola”, afirma a coordenadora Pedagógica do projeto Educação de Tempo Integral, Rosely Lima.   A formação terá uma carga horária total de 40 horas, sendo 20 horas presenciais e 20 horas a distância, que será realizada na próxima semana.

Na Escola Estadual Olímpia Resende Pereira, em Belo Horizonte, o xadrez já é trabalhado no Educação de Tempo Integral há três anos. O professor Euler de Oliveira da Silva ressalta a importância do jogo no aprendizado dos alunos. “O xadrez traz muitos benefícios para os alunos, como a concentração, o trabalho dos valores, como cortesia. Também ajuda a desenvolver a habilidade do raciocínio”. O educador destaca ainda a importância da capacitação para seu trabalho. “Aqui estou tendo a oportunidade de ver coisas que não conhecia no Xadrez, tirar algumas dúvidas e aprender como proceder em algumas situações. Isso está facilitando meu trabalho”, conclui.

Fonte:SEE-MG

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

Você deve estar logado para postar um comentário.

Videoteca

Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais

03/12 Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais