Uma Copa do Mundo, Um Mundo Em Sua Escola.

Publicado em 19/05/2014 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Após 64 anos, o Brasil receberá pela segunda vez, em junho, a Copa do Mundo de Futebol – FIFA, competição que movimenta diversas nações desde a sua primeira edição, realizada no Uruguai, em 1930. Durante um mês, doze cidades brasileiras sediarão jogos do mundial, tendo sua rotina completamente alterada. Os efeitos do evento no dia a dia do brasileiro vêm provocando uma série de debates em esferas diversas. No campo da Educação, a pauta versa sobre como fomentar a reflexão sobre o campeonato na comunidade escolar e como utilizá-lo como base para ampliar o processo de aprendizagem em sala de aula.

Segundo Diana Mendes Machado da Silva, pesquisadora do Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre Futebol – GIEF e do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas – Ludens, ambos da Universidade de São Paulo – USP, “o futebol é tema de interesse nacional há muitos anos e não pode estar fora da escola, pois se trata de uma prática cultural e histórica”. A especialista, que também já atuou como professora da rede pública de ensino, acredita que esta é uma oportunidade para que as escolas pensem em uma pequena reformulação do currículo, sem alterar as diretrizes básicas da educação. “Os temas futebol e Copa do Mundo abrem um leque variado para os mais diversos trabalhos, para além das atividades realizadas em sala de aula, por meio de datas específicas, temas transversais e projetos especiais. É possível incluir a temática do futebol no currículo convencional”, explica.

Neste sentido, a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) propõe o projeto coletivo “Copa do Mundo, o Mundo em sua Escola” como atividade preparatória para a copa do Mundo a ser realizada no Brasil em 2014.

No caso brasileiro, associaram-se à OEI no desenvolvimento do projeto o Ministério da educação, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, a UNDIME e as secretarias Municipais de educação das 11 capitais e do distrito Federal que irão sediar jogos na copa do Mundo de 2014: Belo horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Envolvendo estudantes de 12 a 14 anos de idade.

A disseminação dos objetivos do projeto, criado há três anos, é feita através de cartilhas voltadas para alunos e professores, com conteúdo que abrange, além do desenvolvimento de valores, o mundo dos esportes e seus benefícios, qualidade de vida, trabalho em equipe e diversidade cultural. Acesse a cartilha clicando no link abaixo:

Projeto “Copa do Mundo, o Mundo em sua Escola” – Guia Professor

Projeto “Copa do Mundo, o Mundo em sua Escola” – Guia do Aluno.

Segundo a diretora da OEI no Brasil, Ivana de Siqueira, o material elaborado para as escolas pode ser utilizado por outras escolas que não fazem parte do projeto. “Nós trabalhamos com doze capitais. No entanto, outras cidades do Brasil e alguns estados, como Minas Gerais, pediram para que realizássemos as atividades, independente da participação no projeto. Esse é um material que não deve ser usado apenas nesse período, pode ser abordado o ano todo já que favorece a aprendizagem, trabalhando valores como solidariedade, tolerância e respeito ao outro”, elucida Siqueira.

Fonte:
Álvaro Marchesi Ullastres
(Secretário-geral da Organização dos Estados Ibero-Americanos)

Pamella Indaiá
(Blog Educação)

Renata Silva
(Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude)

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Comentários estão fechados

Videoteca

Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais

03/12 Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais