Eduardo Moraes supera lesão no joelho e almeja representar o Brasil na natação nas Olimpíadas

Publicado em 06/03/2017 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

A natação é um dos esportes que mais arrancam o fôlego das torcidas. Uma fração de milésimos pode mudar tudo no resultado. Em breve, Eduardo Moraes pretende levantar as arenas no Brasil e fora dele.

O jovem atleta almeja fazer parte do próximo ciclo olímpico, dando continuidade a grandes feitos, realizados por Thiago Pereira, César Cielo, entre outros.

Confira a entrevista completa do Observatório do Esporte de Minas Gerais com Eduardo Moraes:

Quando você decidiu se tornar um atleta?

“Eu gostava muito de nadar, desde pequeno. Gostava muito de piscina. Então comecei no mirim e desde então eu participo de competições sendo federado”

Você tem algum ídolo em quem se inspira?

“Na natação eu gosto do Sun Yang (China) e Chad le Clos (África do Sul). Gosto do jeito que eles nadam, do estilo de prova deles. Eu também gosto do Usain Bolt”

Qual o maior desafio que você enfrenta no esporte? E como busca a superação?

“Eu já tive um problema no joelho e eu tenho sempre que fazer trabalhos específicos. Fiquei um mês parado por isso. Mas depois voltei e melhor. Consegui recuperar o tempo perdido”

Para você o que significa o esporte?

“Esporte é tudo. Com ele é que vem minhas felicidades e é importante na questão da saúde. É minha diversão também”

Quais as principais mudanças que o esporte trouxe à sua vida?

“Tudo eu fiz em função do esporte. Eu mudei de cidade, de escola. Comecei nadando em Cabo Frio”

Quais são suas principais metas para os próximos anos?

“Quero chegar em uma Olimpíada e Mundiais. A meta para esse ano é ganhar o Campeonato Brasileiro”

Qual foi a sensação de ter conquistado o prêmio “Melhores do Ano 2016”?

“Foi ótimo. É algo que simboliza o esforço que fiz o ano todo. Um trabalho que foi feito com muitas pessoas, que significou união e rendeu a premiação. Tive muito apoio da minha família e do meu treinador”

Quais foram suas principais conquistas?

“Conquistei o Campeonato Brasileiro Escolar, além do Brasileiro normal por duas vezes”

Um recado para os jovens que queiram praticar a natação ou que estão começando:

“Por mais difícil que seja, nunca desistam. Todo treino, trate como se fosse o último, para que você se supere ao máximo. O resultado é muito bom, vale a pena”

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly, PDF & Email

Comentários estão fechados

Videoteca

Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais

03/12 Impulsiona realiza live sobre atividade física no retorno às aulas presenciais