Sedese lança cartilha com orientações para o retorno dos treinamentos esportivos em Minas

Publicado em 10/08/2020 por

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), através da Subsecretaria de Esportes (Subesp) divulgou a cartilha “Esporte Consciente”. O documento é dividido em 4 fases de execução, cada uma com orientações para o retorno gradual aos treinamentos de atletas e paratletas presencialmente em todo o Estado, considerando as etapas do Minas Consciente e quando o momento for considerado adequado pelas autoridades de saúde locais.

A cartilha traz as orientações com base na análise de protocolos e medidas de saúde adotadas pelas autoridades no combate à Covid-19. Dentro de cada fase do programa, deverão ser observadas as recomendações específicas, como uso de equipamentos individuais de proteção e distanciamento social, por exemplo. O gestor esportivo, comissão técnica e os atletas ficarão responsáveis por avaliar, com base no Plano Minas Consciente – que orienta a retomada segura das atividades econômicas nos municípios do Estado – o cenário da região e município onde realizará o treinamento, bem como a taxa de evolução/regressão da pandemia.

Na Fase 1, o atleta deve realizar as atividades em ambiente domiciliar, ou em local isolado ao ar livre sem a presença de outras pessoas. As instruções dos treinadores e comissão técnica são passadas de forma virtual. Na Fase 2, ocorre o retorno gradual aos espaços físicos onde os atletas treinavam habitualmente, com número reduzido de pessoas no local. Os clubes, academias e centros de treinamento devem se atentar a aproximadamente 30 medidas de higienização, como controle de acesso, tapetes higienizadores, monitoramento de temperatura, dentre outros.

Na terceira fase, serão considerados os treinos coletivos ou em grupo, ainda nos locais adequados para realização das atividades. As equipes técnicas e de apoio devem manter o uso de equipamentos individuais de proteção, e recomenda-se a realização de testes para Covid-19 nos atletas e membros da comissão, além de outras medidas. Já na Fase 4, a última do plano, acontece o retorno gradativo das competições esportivas. De acordo com a cartilha, essa fase somente será implementada quando clubes e atletas voltarem aos treinamentos de maneira plena, também considerando modalidades de contato físico. Os eventos retornarão assim que liberados pelas autoridades competentes.

Segundo o subsecretário de Esportes, José Francisco Filho, o Pelé do Vôlei, a cartilha é importante para atletas, que retomam as rotinas de treinamento e preparo físico. Ele ressalta, contudo, que é necessária a colaboração de todos no cumprimento das recomendações. “É preciso que haja consciência e adaptação dos atletas aos novos protocolos, para que não tenhamos uma regressão do avanço que tem sido feito. Mas os atletas profissionais vão contar com equipes técnicas treinadas para desenvolverem exercícios adequados para o período atual, de forma que eles se preparem e adquiram condicionamento físico para um eventual retorno às competições”, explica.

O subsecretário também afirma que as orientações da cartilha são de grande auxílio para a sociedade, principalmente para quem pratica atividades físicas como hobby, tanto em academias quanto ao ar livre. “As orientações que passamos aos atletas profissionais também são válidas para os amadores. Então quem estiver na academia, vai se atentar para a higienização dos equipamentos, para o uso de máscara. E quem estiver ao ar livre, também mantém atenção para o distanciamento e pratica atividades sem aglomeração”, detalha.

Fonte: Sedese. Disponível em: bit.ly/33JDjsj

Imprimir Envie para um amigo por email
Print Friendly

Comentários estão fechados

Videoteca

Mova Minas Recreativo – Quarta Semana – Faixa etária de 11 a 14 anos Mova Minas Recreativo – Quarta Semana – Faixa etária de 11 a 14 anos

13/07 Mova Minas Recreativo – Quarta Semana – Faixa etária de 11 a 14 anos